Azerbaijão homenageia mártires da Guerra, na Igreja Católica no Brasil, em São Paulo .



O evento foi consagrado pelo padre Flávio Gomes de Alcantara e organizado por Andreia Hiromi e Alefe Rodrigues. Segundo os organizadores “com esse ato provamos, no Brasil, que o Azerbaijão não tem distinção sobre religião ou qualquer outra diferença que exista entre as pessoas e deixamos claro que a guerra não foi religiosa”.

Um marco importante na relação Brasil e Azerbaijao principalmente pelo fato de haver uma grande diáspora Armênia em São Paulo representada fortemente.

A Embaixada do Azerbaijão no Brasil se fez presente, com a entrega de uma bela coroa de rosas vermelhas e flores do campo brancas, na cerimônia de homenagem aos mártires

O agradecimento especial ao apoio da Embaixada e do embaixador do Azerbaijão no Brasil, Elkhan Polukhov, a familia Relhim e aos guardiões do fogo.

Todas as flores foram entregues no altar, local sagrado no templo.

Na entrevista com a imprensa Haqqin.az e Azeri.az , o Embaixador do Azerbaijão no Brasil Sr Elkhan Polukhov relata seu agradecimento a organização e iniciativa sobre o evento realizado pelos amigos do Azerbaijão no Brasil.





Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s