Personalidades Históricas: Ahmadiyya Jabrayilov

22 de setembro de 2020 marca o aniversário de 100 anos do nascimento de Ahmadiyya Jabrayilov, guerrilheiro de origem azerbaijanesa e herói que era membro do Movimento de Resistência Francês.

2020 marca o aniversário de 100 anos de Ahmadiyya Jabrayilov, que era um filho herói da nação do Azerbaijão, um representante proeminente do movimento de resistência do antifascismo e um guerrilheiro lendário.

Ahmadiyya Jabrayilov nasceu em 22 de setembro de 1920 no distrito de Sheki, Azerbaijão. Em 1941, durante os primeiros dias da Segunda Guerra Mundial, ele foi convocado para a linha de frente. Ahmadiyya foi enviado para a Ucrânia em abril de 1942, onde foi nomeado representante de um líder político no 350º batalhão. Ele participou dos combates nos distritos Barvinki-Lozovaya-Izyum, Ucrânia, atuando naquele batalhão. Ele foi promovido a tenente-chefe devido à sua coragem.

Em abril de 1942, seu avião foi atingido perto de Kursk. Ele foi gravemente ferido e feito refém pelos alemães nazistas. Ahmadiyya foi enviado para campos de concentração perto de Barvinka e Lviv. Quando sua tentativa de fuga não teve sucesso em 1943, ele foi enviado aos nazistas para o campo de concentração de Montauban, perto de Toulouse, França.

Durante seu tempo em Montauban, ele desenvolveu conexões com os guerrilheiros franceses por meio de Janna, a empregada doméstica do líder do campo de concentração. Logo, Janna e seus amigos libertaram Ahmadiyya da prisão e ele se juntou ao movimento de resistência francês. Em pouco tempo, tornou-se um dos membros ativos do movimento de resistência e ficou conhecido sob os apelidos de “Kharko”, “Fraji”, “Bravo” e “Akmed Michel”.

Ahmadiyya participou das lutas pela liberdade da França durante 1943-45 e mostrou bravura exemplar. Os nazistas colocaram 10000 marcos alemães e mais dois veículos como recompensa por sua cabeça. Em 1º de março de 1945, Ahmadiyya Jabrayilov explodiu a ferrovia e impediu que os inimigos enviassem milhares de franceses para campos de concentração na Alemanha. Ele foi ferido enquanto salvava 500 crianças francesas, sendo levado pelos nazistas para um campo de concentração. Por estar disfarçado em um uniforme de oficial nazista, ele foi tratado em um hospital militar alemão por um tempo. Posteriormente, ele foi nomeado comandante militar de Albi. Ele transmitiu informações importantes aos guerrilheiros durante este tempo e tomou como reféns muitos oficiais nazistas e os entregou aos guerrilheiros. Ele explodiu pontes, estoques de alimentos e arsenais do inimigo, queimou as casas onde os oficiais nazistas viviam. Sob seu comando, os tanques inimigos no centro de Lyon foram destruídos. A França apreciou sua bravura e o premiou com muitas encomendas e medalhas. Ele foi homenageado com a “medalha militar” da França, que permitia aos oficiais irem à frente dos generais durante desfiles militares.

Em 25 de novembro de 1946, Ahmadiyya retornou à União Soviética com a ajuda de Charles de Gaulle. Em 1966, Charles de Gaulle conheceu Ahmadiyya Jabrayilov durante sua visita à União Soviética.

Em 1986, Ahmadiyya Jabrayilov foi premiado com 5 medalhas da França: Cruz de Guerra, Cruz de Bravura Militar, Medalha do Movimento de Resistência Francês, Medalha de Bravura, Medalha de Ser Ferido. Ele foi convidado a ir a Paris para participar de cerimônias dedicadas ao aniversário de 100 anos de Charles de Gaulle em 1990.

Ahmadiyya Jabrayilov morreu em um acidente de carro em Sheki, Azerbaijão, em 10 de outubro de 1994.

Você pode visitar a exposição virtual preparada pela Biblioteca Nacional do Azerbaijão sobre Ahmadiyya Jabrayilov, visitando este link: http://anl.az/el/vsb/Ehmediyye_Cebrayilov/index.htm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s