Ministro das Relações Exteriores do Irã diz estar feliz em ver o Azerbaijão reconquistar territórios

O ministro das Relações Exteriores do Irã, Javad Zarif, chegou ao Azerbaijão na noite de
domingo para a primeira etapa de sua viagem regional pelo Cáucaso, que visa promover a
cooperação regional.

Após sua chegada ao aeroporto de Baku, o Ministro disse que está feliz em ver o Azerbaijão ter
recuperado o controle sobre os territórios ocupados pela Armênia.

Zarif disse ainda que o Irã está “pronto para ajudar” as pessoas no Azerbaijão a voltar para suas
casas nos territórios libertados “o mais rápido possível”.

Ele também reafirmou o compromisso de seu país com os esforços de reconstrução em
Karabakh, que é internacionalmente reconhecida como parte do Azerbaijão, mas estava sob
ocupação de separatistas armênios.

Os territórios foram libertados da ocupação armênia depois de um conflito armado de meses
entre os dois lados em conflito, que terminou com uma trégua mediada por Moscou em
novembro do ano passado.

Zarif, cuja visita ao Azerbaijão e outros países regionais foi adiada antes, deve manter conversas
com as principais autoridades azerbaijanas na segunda-feira.

Entre as questões que terão destaque nas discussões estão os esforços de reconstrução na região
devastada pela guerra em Karabakh e a implementação de projetos econômicos conjuntos.

Os dois lados chegaram a um acordo na semana passada para aumentar a cooperação
econômica, com Baku recebendo a oferta do Irã de contribuir com o trabalho de reconstrução
em Karabakh.

A viagem regional também levará Zarif à Armênia, Rússia e Turquia esta semana, que, segundo
ele, visa a promoção da cooperação regional e expansão das relações bilaterais.

Teerã anunciou recentemente que está pronto para desempenhar um papel no fortalecimento do
cessar-fogo entre o Azerbaijão e a Armênia, ao mesmo tempo em que enfatiza a necessidade de
uma “solução permanente” para a crise.

Tem havido relatos de que o lado armênio frequentemente viola o acordo de cessar-fogo
alcançado entre os dois lados em novembro.

As relações entre as ex-repúblicas soviéticas do Azerbaijão e da Armênia têm sido tensas desde
1991, quando os militares armênios ocuparam Nagorno-Karabakh, um território reconhecido
como parte do Azerbaijão, e sete regiões adjacentes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s