Grandes Personalidades do Cazaquistão: Rakhimzhan Koshkarbayev.

No dia 9 de maio de 2021, marca o 76º aniversário da vitória da União Soviética sobre a Alemanha nazista na segunda guerra mundial. Embora a história da vitória acirrada do exército vermelho seja bastante conhecida, a história do herói cazaque que representou um papel fundamental no caminho para vitória é menos conhecida. Em 30 de abril de 1945, o tenente Rakhimzhan Koshkarbayev, junto com seu camarada Grigory Bulatov, colocaram a bandeira soviética sobre Reichstag em Berlim, um gesto que significa a derrota final da Alemanha nazista.

Rakhomzhan Koshkarbayev

Koshkarbayev nasceu em 1924 na Kyrykkudyk na região de Akmola. Sua mãe faleceu quando Koshkarbayev tinha apenas quatro anos e seu pai foi vítima de repressão política quando ele tinha 13 anos. Em 1942, Koshkarbayev foi recrutado pelo exército vermelho e foi treinado no regimento da reserva de  Kokshetau. Em 1944, o soldado cazaque se formou na Escola Militar de Frunze.

KoshKarbayev serviu como comandante do pelotão da lendária Divisão Idritsa Rifle, formada em Kostanay. Antes de entrar na invasão de Berlim, ele participou da Liberação Soviética de esforços na Polônia e outras partes da Alemanha. Seguindo a Invasão de Reichstag, apenas 12 pessoas de 38 soldados do pelotão de Koshkarbayev’s sobreviveram.

No dia 25 de abril de 1945, o anel das forças militares em volta de Berlim se fecharam e a invasão da capital da Alemanha começou. Koshkarbayev, que tinha apenas 21 anos na época, e Bulatov foram comandados pelo comandante do batalhão, Davydov, para plantar a bandeira da vitória no Reichstag.

“Na Divisão Idritsa Rifle, o fogo intenso começou. Havia apenas um soldado restando atrás de mim. Era Grigory Bulatov. Ele continuava perguntando: “O que nós vamos fazer, amigo tenente?” Nos deitamos com ele próximo de uma vala cheia de água. “Vamos colocar nossos nomes na bandeira”, eu sugeri para ele. E com uma caneta química, que eu tinha no meu bolso, ali, deitados sob a ponte, nós escrevemos “ regimento 674, batalhão 1” e nossos nomes”, mais tarde contou Koshkarbayev.

Levaram sete horas para os soldados soviéticos cruzarem 360 metros do edifício de Reichstag. “O que é essa distância para pés jovens? Isso é uma corrida curta, uma luta divertida contra o vento. Mas para Grigory Bulatov e eu, essa distância era equivalente a um abismo no qual é mais fácil cairmos do que atravessarmos. Nós conseguimos passar por aquilo. Nós conseguimos,” Koshkarbayev compartilhou seus primeiros pensamentos depois de seu ato heróico.

O professor Ziyabek Kanuldinov, diretor do Instituto de História e Etnologia de Chokan Valikhanov, afirma que a ação de Koshkarbayev foi documentada amplamente por testemunhas e pela imprensa logo após o final da guerra. Os registros de combate e relatórios finais transmitiram as ações vitoriosas do tenente cazaque. Uma confirmação semelhante pode ser encontrada nas memórias de combatentes soviéticos, como por exemplo, Fedor Zinchenko, comandante do regimento 756°, que documentou o episódio em seu livro.

Contudo, apesar de vários documentos afirmando o contrário e várias testemunhas, o ato heróico de montar primeiro a bandeira da vitória sobre o Reichstag foi dado aos soldados soviéticos Mikhail Yegorov e Meliton Kantaria. Segundo o professor Kabuldinov, as autoridades soviéticas não quiseram informar a Joseph Stalin, secretário-geral do Partido Comunista da União Soviética, que a bandeira foi plantada por um soldado cazaque de sobrenome turco. O ato de Koshkarbayev não se encaixou na linha oficial soviética.

Portanto, Yegorov e Kantaria, que também colocaram a bandeira soviética sobre Reichstag mas somente depois de Koshkarbayev e quando a vitória já estava definida, tornaram-se os símbolos oficiais da vitória. Ambos os soldados receberam o título de heróis da União Soviética, enquanto Koshkarbayev recebeu apenas a Ordem da Bandeira Vermelha, um prêmio de menor prestígio.

Apesar de receber o reconhecimento e apoio das pessoas e artigos de revistas escassos publicados sobre o ato heróico de Koshkarbayev’s, o tenente cazaque não recebeu o pedido do herói das autoridades soviéticas. o próprio Koshkarbayev peticionou várias vezes para que o pedido fosse concedido a seu camarada Bulatov, mas também não obteve sucesso.

Rakhimzhan Koshkarbayev e sua família.

Depois da guerra, Koshkarbayev continuou servindo para o exército soviético. Com o passar do tempo, ele se tornou um instrutor do comitê executivo da região de Akmola. Ele também atuou como Inspetor Chefe da Diretoria Principal de Reassentamento do Conselho de Ministros da SSR do Cazaquistão.

Koshkarbayev também escreveu vários livros autobiográficos documentando seu serviço durante a guerra. Sua história se tornou tema do documentário “Soldado da Vitória”, no estúdio Kazakhfilm, em 1980.

Koshkarbayev foi eleito três vezes a Deputado do conselho de Pessoas da Alma-Ata. Ele foi um membro do Comitê do Veteranos da Guerra Soviética Filiado da Junta Governativa do Cazaquistão. Ele permaneceu engajado ativamente no trabalho social pelo resto de sua vida, até falecer em 1988.

Monumento de Rakhimzhan Koshkarbayev erguido no Nur-Sultan. Crédito da foto: Gov.kz.

Depois que o Cazaquistão conquistou sua independência, Koshkarbayev finalmente recebeu todo o reconhecimento pelo seu ato heróico em seu serviço na guerra. Em 1999, Koshkarbayev recebeu postumamente o grande título de Khalik Kakharmany (O Herói do Povo). Em 2005, historiadores russos reconheceram oficialmente que Koshkarbayev e Bulatov foram os primeiros a erguer a bandeira durante a invasão de Reichstag. Em 2016, um monumento de 11 metros de Koshkarbayev foi inaugurado em Nur-Sultan. O monumento está localizado na rua que também leva o nome do herói.

Hoje, o Cazaquistão lembra e reconhece Koshkarbayev por sua valiosa contribuição na luta  contra o Nazismo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s