Novruz – Ano Novo Tradicional comemorado no Azerbaijão

Primeira parte: Novruz – Quatro terças-feiras dos elementos Novruz é um ano novo tradicional, celebrado não somente no Azerbaijão no final de Março. As suas origens podem ser rastreadas até o reinado da Religião Zoroastrian nessas áreas expostas no texto. Para simplificar – o culto do fogo e dos outros elementos (em menor grau). Foi inscrita na lista de herança mundial da Unesco em 2009.

Azerbaijão celebra as quatro terças-feiras que precedem o próprio Novruz, dedicado para cada elemento: água, fogo, vento (ar) e terra. 

Su çərşənbəsi – ÁGUA 

Água é o primeiro elemento criado pelo “Maior” de acordo com o Zoroastrian, e, sendo assim, seu dia é dedicado na primeira terça-feira das quatro. No nascer do sol, você deve tomar água de um rio ou de um córrego, já que isto é tido como a cura para milhares de doenças. Neste dia, se nós derramamos na mesa (e precisa ser necessariamente nesta mesa), significa abundância e fortuna. Cruzar o curso da água derramada neste dia é um presságio de infortúnio.

Pessoas pedem para que o ano que está por vir seja limpo e transparente como a própria água. É importante adicionar que os rios no Azerbaijão são muito limpos, especialmente nas partes montanhosas do país.

Od çərşənbəsi – FOGO

Fogo, sendo o elemento mais importante para o Zoroastrian (e, por falar nele, seu templo está localizado nos subúrbios de Baku), foi colocado como segundo elemento. De acordo com as crenças antigas, é neste dia que o Sol derrete a neve e a natureza ganha vida. É um hábito, bem perigoso por sinal, pular sobre o fogo. Você não deve pular somente uma vez, mas sete e dizer as palavras especiais “Inconveniência para você e Felicidade para mim”. É uma maneira de libertar você mesmo de todas as forças ruins e obscuras que queimam nas chamas do fogo. Este é o próximo passo da preparação espiritual para o Novruz.

Yel çərşənbəs – VENTO (AR)

O terceiro elemento na ordem é o vento, que também é conhecido como ar ou respiração, simbolizando o despertar da natureza. Para as mulheres, é tempo de limpeza de primavera do apartamento, levar os lençóis para o lado de fora para que o vento possa atravessá-los. Todo o apartamento também é limpado (assim como nós antes da Páscoa). O vento traz um humor bom, e, nos textos da cultura azerbaijana você consegue encontrar muitas referências para o “Deus do Vento” ou para o Próprio Vento como um instrumento divino. Este é o mais famoso e bem distribuído elemento na literatura da época.

Torpaq çərşənbəsi – TERRA

A última terça-feira é dedicada à Terra e simboliza o seu despertar depois do sono de inverno. Este dia é o mais rico em tradições- jogos são organizados, jovens escutam conversas em casa e pela manhã eles pulam sobre a água para serem purificados. 

Neste dia, é proibido compartilhar sal, pão, óleo, dinheiro, fósforos e água com os vizinhos, assim como preparar pratos ácidos e picantes. Isto é para significar abundância futura. Nesta terça-feira, pessoas expressam seus maiores desejos, e, no passado, tantas lamparinas eram acesas nos telhados das casas com o mesmo números de membros daquela família – nos dias atuais, velas são acesas na casa. O feriado deve ser celebrado em casa, caso contrário, nós teremos sete anos de celebrá-lo fora de casa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s