Arquivos Mensais: janeiro 2022

Multiculturalismo azerbaijano: Um estudo acerca dos caminhos implementos no tocante a diversidade cultural no Azerbaijão.

O presente artigo “Multiculturalismo azerbaijano: Um estudo acerca dos caminhos implementos no tocante a diversidade cultural no Azerbaijão.” conta como objetivo a análise do multiculturalismo azerbaijano, assim como o estudo acerca do modelo implementado pelo Estado. À vista disso, o escrito aborda as ligações diretamente relacionadas entre a efetividade no tocante a diversidade cultural no Azerbaijão com o tipo de

Ler mais

NOTA OFICIAL DA EMBAIXADA DO AZERBAIJÃO: JANEIRO NEGRO

EMBAIXADA DA REPÚBLICA DO AZERBAIJÃO NA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Declaração do Ministério das Relações Exteriores da República do Azerbaijão por ocasião do dia 20 de janeiro – Dia Nacional de Luto Na noite de 19 para 20 de janeiro de 1990, por ordem da liderança da URSS, 26.000 tropas soviéticas invadiram Baku e Sumgait, bem como outras cidades do

Ler mais

EUROVISION COMO MECANISMO DE PROJEÇÃO DO AZERBAIJÃO: A ESTRATÉGIA DE 2008 A 2012

O artigo tem por objetivo analisar quais foram as estratégias feitas pelo Azerbaijão para se projetar mundialmente através do Eurovision Song Contest, desde a entrada do país na competição em 2008 até sediar o evento em 2021, após sua vitória no ano de 2011. O Eurovision Song Contest comemorou em 2021 o seu 66º aniversário, já que o  seu primeiro

Ler mais

Janeiro Negro: O início do fim da URSS

A tragédia de 20 de janeiro de 1990, também chamada de Janeiro Negro, marco importante para o Azerbaijão, provou que a busca da nação por liberdade e independência era irreversível. A união no período de violenta repressão e massacre de mais de 130 pessoas e de centenas de civis feridos pelo exército soviético na capital Baku e arredores na véspera

Ler mais

Os Deslocados de Nagorno-Karabakh e as Consequências do Conflito na Vida dos Moradores Locais.

A ocupação da Armênia, em meio ao conflito de Nagorno-Karabakh, na região reconhecida internacionalmente como parte do território do Azerbaijão, teve fortes impactos nas condições de vida dos moradores locais durante o período e também no pós-guerra. Tal ocupação foi violenta, destacando o episódio do Massacre de Khojaly, é estimado que milhares de pessoas foram mortas e as que sobreviveram

Ler mais