República Democrática do Azerbaijão.

Mammad Amin Rasulzadeh, que desempenhou um papel fundamental na formação da identidade moderna do Azerbaijão e trabalhou pela independência de seu país, bem como pelo esclarecimento da sociedade por meio da imprensa e atividades políticas.

O objetivo desse artigo é a disseminação de informações referentes a República Democrática do Azerbaijão, contando assim seus avanços no âmbito intelectual, social, no econômico e político.

Tal conquista pra população azeri aconteceu em 1918, na qual não durou muito tempo porém realizou grandes feitos, destacando-se nesse momento o avanço social, tendo em vista que muitos tópicos abordados para a época eram inovadores, como por exemplo o sufrágio universal, no qual foi declarado antes mesmo de muitos países considerados hoje liberais, podendo ser citado o Estados Unidos da América;  A formação dessa república foi um marco no mundo mulçumano devido ao fato de que a República democrática do Azerbaijão foi a primeira entre as nações mulçumanas do leste a realizar tal feito sendo relevante o fato de que a maioria da população nesse país se encontrava seguindo a ordem xiita, na qual é designada por muitos como agressiva, quebrando um verdadeiro tabu com suas garantias de liberdade individual preditas, sendo um exemplo para os diversos países nos quais seguem a mesma linha.

Em um contexto de instabilidade da paz no mundo, a República do Azerbaijão se forma de maneira democrática e pluralista, tendo sua conjuntura na qual inicialmente se via dominada pela Rússia imperial com um estado de caos e vácuo de poder, o Estado azeri se forma de um modo que reascende o sentimento nacional aproveitando o enfraquecimento de sua Metrópole, tendo as características de sua revolução como populares exatamente por ter sido uma proclamação populista e inclusiva.

O multiculturalismo estava presente de forma bastante acentuada, podendo citar um então herói azeri, no qual deixa claro essa situação em sua fala “A Assembleia nacional representa todas as classes e nacionalidades do país tendo em suas mãos todos os destinos do Estado, sem isso, ordens não são seguidas, nenhum dinheiro é gasto, nenhuma guerra começa, nenhuma paz é assinada; Ganhando a confiança da Assembleia o governo mantem o seu posto, aqui um título não é um meio de dominação, o parlamente deve ser o mestre absoluto” mostrando assim a forma que eles buscam incluir todas as raças e reconhecendo que  não existem apenas azeris morando e colaborando para com o país.

A república democrática do Azerbaijão garante na sua declaração direitos civis e políticos a todos os cidadãos, não importando suas origens étnicas, classe ou cor, surgindo assim as ideias de cotas, nas quais pensaram na representatividade em questão as minorias.

A Republica principalmente por não ter focado essencialmente em suas potências bélicas, acabou por durar apenas por um curto período de tempo, dos anos de 1918 a 1920; A reação da politica internacional em relação a iniciativa azeri foi recebida de forma calorosa por alguns, como o então presidente dos Estados Unidos, no qual na conferência de Paris realizou o reconhecimento do Estado azeri entre os membros ali presentes, mas também negativa por outros, como foi recebido pelo império bolchevique no qual teve o objetivo de desmantelar aquilo que foi conquistado pela declaração da República. Porém com a reconquista de sua república em 91, esses direitos foram recolocados em suas declarações, mantendo assim suas memorias de um povo no qual lutou por esses mesmos direitos.

A economia do povo azeri foi discutida em diversos momentos, como ponto básico em organizações, devido ao fato de ser um novo governo, eles tinham como objetivo fazer tudo o que fosse possível para eliminar os numerosos obstáculos internos referente a economia e política; Durante um tempo a delegação azeri esteve na conferência de paz em Paris aspirando receber suporte da comunidade mundial.

A queda da República aconteceu de forma que não houve culpa por parte do Azerbaijão em si, tendo em vista que eles obtiveram êxito em suas recorrentes caminhadas para formação de uma república democrática de sucesso, porém, a queda foi gerada por meio do exercito vermelho, do ataque soviético, tendo sua existência apagada no mês de abril no ano de 1920.

A República democrática feita pelo Azerbaijão, mostra que o equilíbrio de certa forma, conseguiu ser instaurado, com obstáculos e não sendo um equilíbrio perfeito, mas a busca pela participação politica e desenvolvimento do país foi buscado em todo tempo que tiveram, mesmo que curto para que assim conseguissem efetivar seus fins.

um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s