A história das relações políticas entre Brasil x Azerbaijão: A cronologia da parceria

Brasil e o Azerbaijão são países que, mesmo distantes territorialmente, mantêm relações
diplomáticas e comerciais constantes desde 1993, 2 anos após a proclamação do
Azerbaijão como uma república democrática. Apesar das grandes diferenças culturais, o
Brasil e o Azerbaijão mantiveram-se aliados desde sua primeira relação diplomática, sendo
marcado por diversos momentos importantes.


As relações entre os países se mantém até os dias atuais, com grande cortesia e respeito,
tal fator é referente às primeiras relações consolidadas entre as duas pátrias, que como um
de seus marcos importantes, aconteceu em 1995, na 50ª Assembléia Geral da ONU. A
relação construída referente ao encontro do então presidente Brasileiro, Fernando Henrique
Cardoso com o então presidente do Azerbaijão, Haydar Aliyev, estruturou uma relação que
se tornaria uma nova oportunidade de parceria internacional.


Após esse encontro, 2006 Ministro dos Negócios Estrangeiros Elmar Mammadyarov, visitou
o Brasil e se reuniu com os titulares das pastas de Relações Exteriores, Desenvolvimento,
Indústria, Comércio Exterior e Minas e Energia. Após esse encontro, um crescimento visível
do comércio entre esses dois países foi apresentado, com destaque às exportações
realizadas do Brasil para o Azerbaijão, alcançando a marca de US$12,1 milhões no ano de
2013.


Tais margens incentivaram a criação de embaixadas recíprocas entre as duas nações, da
qual a Embaixada do Brasil em Baku foi instalada em maio de 2009 e a Embaixada do
Azerbaijão em Brasília em 2012.


Outro evento marcante das relações diplomáticas foi a vinda do então Ministro dos
Esportes, Azad Rahimov, em 2014, que se reuniu com o Ministro dos Esportes brasileiro
Aldo Rebelo e assinaram um acordo bilateral de cooperação na área esportiva. No mesmo
ano, o ministro Brasileiro visitou o Azerbaijão. Ainda em 2014, a visita do Major-General
Ramiz Najafov, chefe do Departamento de Cooperação Internacional do Ministério da
Defesa azerbaijano aconteceu ao Brasil.


Sem dúvida a visita mais marcante foi em novembro de 2017, onde o então ministro das
Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, realizou uma visita oficial a Baku e também
pela primeira vez teve a presença de um chanceler brasileiro na região do Cáucaso, o qual
manteve encontros com o Presidente Ilham Aliyev, com o Ministro dos Negócios
Estrangeiros Elmar Mammadyarov e o Ministro da Economia Shahin Mustafayev.


Um grande evento também foi a participação do Brasil de forma favorável ao Azerbaijão no
Conselho de Segurança da ONU a respeito do conflito de Nagorno-Karabakh no ano de
1993, onde o Brasil em todas as resoluções votou a favor da integridade do território ao
Azerbaijão. Em todas as solicitações, a votação foi unânime para o Azerbaijão.


Tais relações bilaterais se mantêm até os dias atuais, sendo bilateralmente parceiros
políticos e comerciais importantes. As relações estruturadas são promissoras e
inspiradoras, construindo inúmeras trocas também culturais, educacionais e evolutivas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s