Cinco curiosidades sobre o Azerbaijão

O Azerbaijão é um país de extrema riqueza em cultura e curiosidades sobre seu território, então nada mais justo do que apresentá-las, de forma a conhecer com mais intimidade seus costumes e população.

  • Existe uma população que vive em cima de palafitas: o assentamento de Neft Daşları era, inicialmente, uma plataforma de petróleo com passarelas sobre o Mar Cáspio, construído em 1949, migrando para se tornar uma pequena cidade com população própria, padarias, lojas e pontos turísticos. É necessária uma viagem de 6 à 12 horas para chegar às Rochas de Petróleo e, também, foi cenário para o filme “007 O Mundo Não é o Bastante”, recebendo o famoso James Bond.
  • O pão é um alimento sagrado. Quando ele não pode mais ser consumido, geralmente não simplesmente o colocam no lixo, mas em uma sacola separada apenas para o pão, como um sinal de respeito com o alimento. Se você for para o Azerbaijão e notar alguém dando um beijo no pão após deixá-lo cair, relaxa! A pessoa só está pedindo desculpas para ele.
  • O Museu do Tapete do Azerbaijão, inaugurado em 2014, é em formato de um tapete gigantesco enrolado, dando-se ao fato dos azerbaijanos terem uma rica cultura de tapetes.
  • Muitas pessoas no Azerbaijão exibem dentes de ouro, principalmente nas gerações mais antigas. É um jeitinho refinado de substituir dentes que talvez não estejam tão bons ou só para mostrar sua conta bancária pelo sorriso.
  • Os bebês só tem seus cabelos e unhas cortados após seu aniversário de um ano, além de serem banhados em água salgada, costume que diz que, dessa maneira, crescerão mais ousados e fortes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s