OPINIÃO


O massacre de Khojaly: 30 anos de Impunidade

Por: Shujaat Ahmadzada¹ Faltam poucos dias para o aniversário do massacre de Khojaly – considerado o maior massacre isolado da guerra entre armênios e azerbaijanos . Na noite fria de 26 de fevereiro de 1992, centenas de civis do Azerbaijão fugindo da pequena cidade de Khojaly foram massacrados indiscriminadamente pelas forças militares armênias. Há 30 anos, as vítimas

Jeyhun Osmanli: “Xarıbülbül” recuperou sua liberdade “.

Em 12 de maio, o Festival de Música “Xarıbülbül” (Kharybulbul) foi inaugurado em Shusha, a capital cultural do Azerbaijão e do Conservatório do Cáucaso, por ordem do Presidente Ilham Aliyev em 7 de maio de 2021. Como o antigo berço da cultura, Shusha mais uma vez acolhe seus parentes e convidados após 29 anos. O

Opinião : gubadli e sua importância

Por Emin Shamishev Em 25 de outubro, o exército do Azerbaijão libertou várias aldeias das regiões de Zangilan, Jebrail, Gubadli e da cidade de Gubadli. Gostaria de informar os leitores sobre a região de Gubadli. A região de Gubadli foi fundada em 14 de março de 1933. Havia 1 cidade (Gubadli) e 93 aldeias na

Não conseguiu encontrar o que procura? Use o formulário de busca para pesquisar no site.

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.